Você quis ir, então oi.

Oi. Vim me despedir. Sei que pode parecer surpresa, mas você sabia que eu não conseguiria ficar. Você fez a escolha de ir embora a muito tempo, e eu tentei te prender. Você quis um tempo para si, para se conhecer, pra viver um pouco sem mim, mas não percebeu que eu aprendi a viver…

Veste o casaco, morena, que a previsão de hoje é frio.

Não tem mais brigadeiro a noite. Não tem mais pipoca quentinha e suco do seu lado. Não dormimos mais a tarde. Já não sinto seu nariz quente e seus pés gelados. Não tem mais as caminhadas de tarde. Não tenho mais para acordar o seu bom dia. Me falta ar lembrando disso, Todas as coisas…

Ela foi

Ela era minha namorada. Mas não foi só mais uma, foi a namorada. Desde pequeno, sempre esperaram muito de mim. Mas só depois que ela apareceu que eu tive vontade de ser alguma coisa. Foi graças a ela que comprei meu carro. Nós andávamos de ônibus, foi assim uns 6 meses, e eu nunca a…

Bom dia, morena!

Hoje acordei com vontade de te ver. Não que eu nunca acorde assim, todos os dias tenho essa vontade, mas hoje foi diferente. Eu acordei precisando do seu abraço, seus dedos, sua respiração. Acordei precisando de você. Não consigo mais lidar com essa situação. Fico desesperado, angustiado, querendo passar cada segundo contigo pra ver se…

Rabiscando eu.

Hoje acordei com uma vontade imensa de escrever. De rabiscar letras, formas palavras, expelir frases. Uma vontade imensa de escrever sobre tudo. Uma vontade imensa de escrever sobre você. Mas não vou falar do seu cabelo, do seu sorriso, seu olhar. Não vou falar como é gostosa sua risada, como amo seu rostinho alegre, como…

Você devia lembrar de como são boas essas lembranças.

Ainda lembro das tardes de sábado que eu ia pra sua casa e fazíamos bolo de cenoura. Ou saíamos para o supermercado, comprávamos um monte de guloseima e fazíamos hambúrgueres em casa. Lembro das vezes que anunciávamos ir tomar açaí ou comer alguma coisa e íamos para um motel. Quantas vezes não fizemos isso? Lembro…

Que você seja meu café quente.

Não quero um amor de verão. Que chega, sacode tudo que tem por dentro e vai embora junto com o Sol. Não quero fotos. Sempre desconfiei daquelas que todo mundo está com um copo na mão e rindo como se a vida só fizesse sentido assim. Não quero algo planejado, sonhado. Quero algo construído diariamente….